COMO CRIAR HISTÓRIAS INOVADORAS

COMO CRIAR HISTÓRIAS INOVADORAS

4 minutos Neste post quero lhe ensinar como fugir do tradicional e criar histórias inovadoras. Mas antes tenho uma confissão a fazer. Na verdade são duas: 1 – Eu nunca tinha assistido a um episódio sequer de The Walking Dead 2 – Eu nunca assisti Game Of Thrones. Ok, ok. Eu sei o que você pode estar dizendo aí internamente. Me julgando, talvez rindo (“não sabe o que está perdendo, mané!”). Bem, a vida segue, mesmo com esses meus defeitos. E você: o que Continue lendo

DICAS PARA CONSTRUIR PERSONAGENS INESQUECÍVEIS

DICAS PARA CONSTRUIR PERSONAGENS INESQUECÍVEIS

3 minutos Ao construir um personagem você deve escrever o máximo que pode sobre ele. Tenho um amigo que diz: “seus personagens já existem, basta você encontrá-los”. Isso é muito real. Entretanto, alguns alunos me perguntam “pra quê escrever algo se eu não vou utilizar em meu roteiro?” Sem dúvida muita coisa (talvez 80%) não vá para a sua história em formato de cena. Você escreve para construir, para conhecer, para chegar nas profundidades do inconsciente do seus protagonistas e personagens secundários. Resumindo, quanto Continue lendo

FUTEBOL E STORYTELLING – 7 PONTOS DE UNIÃO

FUTEBOL E STORYTELLING – 7 PONTOS DE UNIÃO

2 minutos O que o esporte ensina sobre narrativa? Eu sempre frequentei o estádio de futebol do meu time. Desde pequeno. A minha primeira camiseta do clube foi vestida com menos de um ano de idade. E até hoje eu torço para o mesmo time. E o que isso tem a ver com cinema? Ou melhor, como assistir a um jogo de futebol e levar isso para dentro de uma narrativa cinematográfica? Veja abaixo os sete pontos de união entre futebol e roteiro. Dizem Continue lendo

O QUE NÃO DEVE ENTRAR NA FORMATAÇÃO DE UM ROTEIRO

O QUE NÃO DEVE ENTRAR NA FORMATAÇÃO DE UM ROTEIRO

3 minutos O roteiro é a base para a gravação de um filme. Quando isso não ocorre ele se torna um não-roteiro. Em outras palavras, toda a linha do roteiro precisa: a) contar a história. b) ser filmada. Separei aqui algumas frases comuns que representam um não-roteiro.  A maioria delas são de consultorias que fiz. ***um carro viaja com destino São Paulo. Opa. Aqui está claro. Essa frase de roteiro está transferindo a responsabilidade narrativa para o diretor. É ele quem vai ter que Continue lendo

PEQUENOS DETALHES DA NARRATIVA QUE FAZEM TODA DIFERENÇA

PEQUENOS DETALHES DA NARRATIVA QUE FAZEM TODA DIFERENÇA

4 minutos A estrutura de um filme é constituída por meio de Atos, Sequências, Cenas e Beats. Um beat está submerso em uma camada mais profunda. É um elemento de estudo do storyteller. A equipe lê a cena, mas não lê o beat. Entender o beat é uma tarefa crucial do roteirista. Mas afinal de contas… o que são (esses malditos!) beats? Vamos conversar sobre isso! Vamos ver uma cena escrita: INT. CASA DE DIEGO – NOITE DIEGO (35 anos) caminha de um lado Continue lendo

MULHERES ROTEIRISTAS

MULHERES ROTEIRISTAS

4 minutos Ok! Comecemos sendo realistas. Primeiro esse texto está sendo escrito por um homem. Eu fui criado por duas mulheres, minha mãe e minha avó, que eram feministas e nem sabiam. Segunda questão a destacar: este texto não tem caráter fielmente político. Se fosse por isso, eu não poderia estar escrevendo. A intenção aqui é intensificar o debate. Saiba que apenas 14% dos filmes brasileiros escritos entre 2001 e 2014 tinham roteiristas femininas. Consequentemente tivemos menos personagens femininos ativos. Pouco, não? Três perguntas básicas, sobre o Continue lendo

COMO ESCREVER UM DOCUMENTÁRIO – última parte

COMO ESCREVER UM DOCUMENTÁRIO – última parte

5 minutos Curitiba nos recebeu bem. Do calor de Recife à neblina da capital paranaense. Depois de passarmos por diversas cidades e coletarmos mais de 20h de material bruto, chegou a hora de montar o filme. Tínhamos pouquíssimo tempo. Mas o que realmente importava naquele instante era a história. Estávamos tão mergulhados no assunto que tínhamos uma certa intuição nos dizendo que as coisas estavam no caminho correto.  A agência nos recebeu bem. Estavam curiosos com o material, que ainda não haviam assistido.  É Continue lendo

PASSOS PARA ESCREVER UM DOCUMENTÁRIO – parte 03

PASSOS PARA ESCREVER UM DOCUMENTÁRIO – parte 03

4 minutos Viajamos. Porto Alegre, São Paulo, Presidente Prudente, Inúbia Paulista, Rio de Janeiro, Recife. De carro. De avião. De ônibus. De táxi. De Uber. E ainda iríamos para Curitiba editar o material. Tínhamos pouco tempo. Eu, principalmente, tinha pouco tempo. Entre um Set e outro, entre uma conversa e outra, eu ligava o computador e decupava o material. Isso não era somente um desejo pessoal, mas uma necessidade. Isso porque chegaríamos em Curitiba para editar o material e precisávamos entregar o filme pronto Continue lendo

PASSOS PARA ESCREVER UM DOCUMENTÁRIO – parte 02

PASSOS PARA ESCREVER UM DOCUMENTÁRIO – parte 02

6 minutos As gravações começaram em Porto Alegre. Logo na manhã seguinte voamos para São Paulo. Saímos do calor e chegamos na terra da garoa com um vento frio nas orelhas. Parecia que o inverno estava começando. Ou ensaiando. Eu levava o roteiro dentro do bolso. Não quis ficar distante: sempre surge alguma dúvida ou algum insight.  Porque é necessário o roteirista estar no set de filmagem? Ou melhor: o que faz o roteirista em um set? Às vezes espera. Espera. Espera. Até que alguém lhe cutuca Continue lendo

PASSOS PARA ESCREVER UM DOCUMENTÁRIO – parte 01

PASSOS PARA ESCREVER UM DOCUMENTÁRIO – parte 01

7 minutos Sábado. Final da tarde. Eu, na casa dos meus sogros, recém havia saído da piscina. Meu telefone toca. Decido atender. Acho que todo Storyteller tem uma certa intuição, um faro para os bons trabalhos. Digo isso porque eu poderia muito bem ter abandonado o celular e mergulhado na piscina. No outro lado da linha um Produtor Executivo para o qual trabalho há algum tempo. Talvez há uns quatro anos. Percebo logo no “oi” sua fala contente, disposta a dividir uma informação. Algo bom aconteceu. Continue lendo